terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Fim de ano com Torino 99 articuladão

Saudações galera!

Trago hoje pra vcs um Torino GV 2 Volvo B10M prefixo A1003 de Feira de Santana BA! Eu cliquei esse daí quando ele tava no talo! Eu vi mais uma máquina dessas voando baixo, prefixo A1004! Creio que haja mais deles! Não cliquei muita coisa por lá, mas pelo menos um articuladão eu tinha que dar um jeito de clicar e postar aqui! Olha, esses ônibus são bonitos demais! Pena que o bichão não fez pose pra foto, tive que clicar no susto mesmo! Os articulados de Feira de Santana, ao contrário dos de BH, possuem 4 portas!

Mais fotos de articulados de Feira de Santana você encontra nesse link:
http://omniba.fotopages.com/?entry=2314610&back=http://omniba.fotopages.com/?page=0

No mais, Boas Festas!
Inté!




sábado, 24 de dezembro de 2011

Post especial de natal

Saudações galera!

Trago pra vcs um Vitória B58 articulado que rodava na 1205, prefixo A556! Esse veículo teve muita história e deixou muitas saudades! Espero que curtam bastante o post, tenham um ótimo Natal e um Próspero Ano Novo!

Foto de Vítor Rodrigo Dias
Extraída do extinto fotolog: http://ohomemcueca.fotopic.net

Inté!






segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Post duplo - VOLVO e Scania Padrons

Saudações galera!

Trago hoje pra vcs uma atualização conjunta! Acima temos uma foto linda tirada por José Alexandre de um Torino GV chassi VOLVO B58ECO prefixo 6004 que fazia a linha 5534 Zilah Spozito extraída do extinto fotolog: http://onibusbh.fotopic.net por volta de 2005/2006.

A seguir temos 3 fotos de um UrbanusS Pluss da Salvadora Transportes chassi Scania L94UB (piso baixo) prefixo 5654 que roda na 4033, tiradas do celular do Paulo Sousa, uma das últimas lendas vivas da era de ouro do transporte em Belo Horizonte!



Apesar deste blog ser voltado a busologia não posso deixar de comentar alguns problemas sérios que estão ocorrendo em Belo Horizonte e demais cidades do sudeste nessa época de chuvas intensas. Como cidadão não posso deixar de alertar a população com relação a alguns vícios de nossos políticos que o povo aplaude, mas vão contra o que a literatura especializada nas áreas de saneamento e urbanismo indicam.

1º Canalizar rio não resolve problemas de enchente! Na verdade piora! Os rios, em suas formas naturais, não são retilíneos, o processo de canalização faz com que seus percursos se tornem retos como as ruas, deste modo reduzem a área do leito, encurtam o caminho do rio, logo aumenta a velocidade das águas. O problema disso é que o rio fica cheio mais rápido, o que facilita as enchentes e as torna mais perigosas! Outro problema é que as pessoas se esquecem, especialmente quando os rios são cobertos as pessoas se esquecem que ele existe, as gerações futuras nem ficam sabendo que ele existe e só descobrem que ele é real quando ele toma a área que lhe pertence. Exemplo: Av. Silva Lobo, Cristiano Machado, Tereza Cristina, etc. (Em outras palavras, essas avenidas nem deveriam ter sido construídas em suas respectivas áreas.)


2º Manilhas não seguram enchentes! Se a cheia for forte e as manilhas estiverem subdimensionadas, elas não aguentarão a pressão e estourarão, tampas de bueiro decolarão e tudo que estiver perto irá se rachar! O problema é que o engenheiro que projeta a manilha considera a maior vazão que se tem história, entretanto o processo de impermeabilização do solo tem aumentado as vazões dos rios na época das cheias, o lixo e o assoreamento dos rios pode reduzir e comprometer a capacidade da manilha. O video a seguir é um exemplo do que a pressão da água é capaz.



video

3º Áreas verdes, áreas livres tem função importante na cidade! As áreas verdes, ou seja, as praças úmidas (não pavimentadas), os parques, os jardins e quintais não pavimentados das casas são importantíssimos para que o solo absorva parte da água da chuva! De modo geral cerca de 1/5 a 1/3 da água da chuva que infiltra no solo (depende do solo e da topografia), logo se essa água deixa de infiltrar no solo ela escorre direto para os rios, portanto aumentam-se as cheias! Não se deve construir de modo irresponsável, ocupando 100% do terreno pra aproveitar ao máximo a área e compensar o investimento financeiro.

4º Os piscinões, barragens de retenção das águas da chuva são medidas de última estância, não é coisa pra se fazer toda hora! Os piscinões ocupam uma área considerável do solo em que não se edifica nada, não valoriza o entorno, em áreas já adensadas (repleta de gente morando, trabalhando) é preciso desapropriar casas para construí-la, enfim, não é lá nenhuma maravilha. (Particularmente sou a favor de uma lei que exija de toda a edificação, mas dando uma  ênfase especialmente aos grandes edifícios tenham um reservatório de água da chuva.)

Uma solução fantástica é o investimento na construção de parques lineares ao longo dos rios. São parques ecológicos que embelezam a cidade, proporcionam áreas de lazer a população, preservam a mata ciliar que protege o rio e mantêm a função original da várzea (ser alagada). Deste modo, é preciso manter o rio saudável, mas os retornos são garantidos. Isso valoriza o entorno, as pessoas passam a valorizar o rio e resolve tão bem quanto os piscinões a questão das enchentes. Curitiba, por exemplo, investiu nesse tipo de medida.

Abraços a todos!


...E a campanha deste blog a favor do transporte público continua!




domingo, 11 de dezembro de 2011

(Retrô) UrbanusS B7R em Alimentadora de BH

Saudações busólogos de plantão!

Trago hj pra vcs um UrbanusS B7R prefixo 5023 da Viação Progresso fotografado pelo Vítor Rodrigo Dias que fazia a linha alimentadora 715! Taí uma máquina espetacular pra uma linha alimentadora. Essa geração da busscar era fantástica, junto com o chassi VOLVO B7R nem se fala! A viação progresso por volta de 2002 tinha uma das melhores frotas de BH repletas de Torinos LN B58E, Urbanus II OH1621L e Urbanuss B7R. Já na irmã Zurick não havia Torinos LN B58E, mas havia diversos monoblocos Mercedes Benz 0-371. Eram carros sensacionais tb. Se por um lado muita gente não curtia os bancos virados pra trás, por outro o ônibus compensava em conforto! Era muito macio!



Tem uma notícia que me deixou meio P da vida, ou melhor, P da vida e meio que eu viu no blog do Ádamo Bazani sobre o apoio do Sindicato dos Motoristas de SP a aprovação do fim dos cobradores em São Paulo.

http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2011/12/11/sindicato-dos-motoristas-apoia-retirada-dos-cobradores-de-onibus-de-sp/

É importante que o cidadão não só de São Paulo, como o de Belo Horizonte, enfim de todas as cidades do Brasil se mobilizem contrários a essa medida! Todos aqueles que alegam que a profissão de cobrador é desnecessária, que com a bilhetagem a maioria dos usuários deixou de pagar em dinheiro, pois ela permite a integração tarifária com outras linhas, inclusive de outros modais, se esquece que o transporte público é PÚBLICO, portanto tem que ser acessível a TODOS, inclusive na passagem! Ninguém deve ser obrigado a utilizar o bilhete eletrônico. Além disso, ônibus (exceto, o BRT) precisa de alguém para orientar e auxiliar os passageiros no trajeto, manipular o elevador pro cadeirante e auxiliar o motorista, e hoje quem faz isso é o cobrador! Se o motorista fizer isso ele prejudica com força seu desempenho! Pode-se de dizer que a profissão de cobrador precise ser atualizada, mas não suprimida.

O sindicato dos motoristas de São Paulo se vendeu por muito pouco, pois aceitar a supressão dos cobradores para ganhar R$250,°° a mais pra cobrar passagem é burrice! Ai sempre aparece um retrucando: vc diz isso pq não precisa de R$250,00, não tem filhos pra sustentar, etc! Eu preciso de R$250,00 sim, tenho uma carreira pra começar e 250 conto faz toda a diferença sim, mas nem por isso acho que a gente tem que sacanear, passar por cima de um colega de outra profissão pra ganhar uma esmola dessas! Se for só pra pensar em mim eu não posso reclamar da atitude do ladrão, do traficante, afinal eles estão olhando o seu lado, né? Aliás, com R$250,00 a mais o motorista de São Paulo continuará ganhando um valor muito inferior ao que merece! O sindicato lá tá feliz da vida porque sua classe ganhará um troco a mais pra ser mais explorada do que já é! Pára com isso! Mais feliz, com certeza, está o sindicato dos empresários de ônibus que no mínimo conseguiram implantar a semente da discórdia entre motoristas e trocadores... Passar por cima dos trocadores para ganhar uma miséria dessas e assumir suas funções, sendo que:

1 - Dirigir já é estressante o suficiente, ainda mais quando se tem horários pra cumprir, prazos para cumprir o itinerário que nem sempre o trânsito favorece (já vi muitos motoristas perderem almoço por causa disso), e atrelar mais responsabilidades é querer sarna pra se coçar!
2 - A responsabilidade de um cobrador, de um caixa de supermercado, de um bancário, de quem recebe dinheiro é imensa! Se no fim do dia der diferença quem paga é o funcionário responsável, ou seja o motorista! Vide item 1
3 - Já foi mais que provado que falar ao celular e dirigir atrapalha na condução do veículo, quanto mais contar dinheiro! Na prática, como ocorrem nos micros, o motorista conta dinheiro igual o nariz dele, dirigindo igual o Mr. Magoo colocando a vida de todo mundo em risco! E não se esqueça do item 2!
4 - Se houver um acidente pq um motorista tava dirigindo e contando moedas a empresa vai fazer o que? Advinhe:
(  ) Auxiliar o motorista e sua família.
(  ) Tirar o dela da reta
(  ) Tirar o dela da reta e ferrar com o profissional acidentado.
(  ) Postar #snif! =/ no twiter!
Vide item 3.
Não vou nem incluir as chaturas de passageiros, os assaltos...

É um tanto quanto óbvio que se ao invés da classe dos motoristas lutar contra os cobradores para obter vantagens, elas se unirem e organizarem uma luta séria, respaldada em idéias sólidas fica mais fácil de ambos conquistarem alguma coisa! (principalmente dos motoristas conquistarem 250 conto sem ter que demitir ninguém por isso!) Tem coisa parecida até na bíblia: quebrar uma vareta na mão é fácil, quebrar um conjunto de varetas é impossível! (a lição de moral lá é unidos vcs são fortes, sozinhos vcs são fracos.) Faz mais de 2000 anos que se sabe disso!

Quem defende a idéia de se acabar com os trocadores ressalta a possibilidade de se contratar outras pessoas para auxiliarem o passageiro e o motorista dentro do veículo, só que por um valor menor (provavelmente um salário mínimo)! Particularmente não acredito que essas pessoas serão contratadas, e se forem não passará de uma manobra capitalista pra reduzir o salário de uma classe trabalhadora, pois a função que elas exercerão é o que o trocador faz por tabela!

O brasileiro tem que parar com esse individualismo patológico de achar que o problema dos outros nunca nos atinge. Pau que bate em Chico bate em Francisco! Pode parecer discurso de marxista, tentei evitar, mas não tem jeito de fugir disso daí, enquanto a sociedade aceitar calada a exploração de diversas classes trabalhadoras (recentemente foi escandalosa a safadeza que os políticos de Minas Gerais fizeram com os educadores do estado) ela estará condenada a ser explorada! E pra provar que isso não é discurso apenas de teóricos marxistas, tenho um exemplo da realidade brasileira:  a classe média no Brasil perde mais de 40% da sua renda pro governo de forma direta e indireta em impostos e não têm transporte de qualidade, nem saúde de qualidade, nem educação de qualidade, nem segurança, e acaba gastando outros 40% com transporte particular, plano de saúde, segurança privada, educação particular, etc. Entretanto, a maior parte dos impostos vai para financiar a máquina pública que não funciona, para financiar os grandes latifundiários, pagar juros da dívida interna com os bancos, e ai não sobra dindim pra investir em educação, saúde, etc. A pergunta é: Porque a classe média paga imposto se não tem retorno? A resposta é simples: porque ela é idiota! Ela prefere se enclausurar em um condomínio fechado, a discutir a questão da acessibilidade, da violência, do uso e ocupação do solo nas cidades, prefere pagar horrores para um plano de saúde que tá ficando saturado também a discutir a questão da saúde pública, prefere pegar um carro enfrentar um engarrafamento monstruoso a discutir melhorias para o transporte coletivo e se esquece que o professor que está nas ruas fazendo passeata não está ali para impedir que seu carro chegue ao destino, mas sim para chamar a atenção para a situação degradante do ensino público, mas mesmo assim ele continua pagando impostos normalmente. Aquele classe média babaca que está satisfeito porque o ensino público tá falido, enquanto seus filhos estão na escola particular se esquece que o parâmetro para o ensino particular voltado para a classe média é a superação da mediocridade do público. Ou seja, estão pagando por porcaria ligeiramente superior, pois educação de alto nível é coisa cara, complexa, que se for repassada pro bolso dos pais a gente percebe que o buraco é mais embaixo. A mensalidade da escola do rico é o salário do trabalhador de classe média!

Tirar o trocador do ônibus é acabar de vez com o pingo de humanidade que resta no sistema de transportes! Humanizar o transporte é uma necessidade para torná-lo atraente! Esse transporte desumano, mal planejado, ineficaz causa repulsa não só em mim, mas nos usuários em geral que assim que podem compram seu carrinho pra fugir desse tormento! No XXI não tem mais espaço pra esse modelo de sociedade individualista, não tem mais planeta pra tanto consumo, nem ruas e estacionamentos pra tantos carros e a solução não é multiplicar ruas, nem estacionamentos, muito menos o planeta, mas sim racionalizar o seu uso. Transporte coletivo é racionalidade!




sábado, 10 de dezembro de 2011

Viale B7R Curitibano

Saudações busólogos de plantão!

Valeu pelas visitas e pelos comentários! Trago hj pra vcs um belo Viale B7R ligeirinho prefixo EL052 de Curitiba! Fazia um bom tempo que não postava fotos de Curitiba! Como o tempo tá curto não vou me demorar mais, deixo a todos um abraço e até mais!

Espero que gostem!



sábado, 3 de dezembro de 2011

CAIO Amélia II da SA01



Saudações galera!

Trago pra vcs um Amélia, não sei ao certo se é OF1115, (o 9903 era) da SA01, nem tenho certeza que seu prefixo era 9915, mas boto fé que seja. Por favor quem tiver certeza dos dados do veículo por favor compartilhe com a gente! Valeu demais todas as visitas! Esse fim de ano tá osso atualizar, o pau tá quebrando pro meu lado!

Até a próxima!



sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Viale OH1621 de BH


Saudações galera!

Trago hj pra vcs um Viale OH1621 prefixo 30005 que fazia a linha 5528! Esses veículos eram lindos demais! Grandes máquinas!
Fico grato a todos que acompanham este blog, aos que comentam e divulgam este espaço!
Assim que eu tiver mais internet e mais tempo, dou um jeito de postar mais vezes! Valeu!

Foto de Vítor Rodrigo Días



terça-feira, 15 de novembro de 2011

Ciferal GLS da 5510

Saudações busólogos de plantão!

Trago hj pra vcs um Ciferal GLS OF1620 prefixo A696 que rodava na 5510B.
Espero que gostem!

Foto Vítor Rodrigo Días



quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Um dos melhores veículos de BH

Saudações busólogos de plantão!
Trago hoje pra vcs um lindo Millennium 2 0500MA que transporta os trabalhadores da Cidade Administrativa à Estação Vilarinho. Os melhores veículos de BH hoje estão lá. Só mercedão bruto! O triste é ver Torinos 2007 e Citmax com motores de secador de cabelo, suspensão a pedra e bancos semi-estofados fazendo as linhas 65, 66 e 67 da BHTRANStorno que saem abarrotadas de lá até o centro ou Savassi. Podiam inverter, né?

Espero que gostem!



domingo, 6 de novembro de 2011

Uma das raras estrelas do transporte de BH

Saudações busólogos de plantão!

Depois de descobrir que a Dilma liberou 3 bilhões pra ampliação do metrô de BH, ver anúncios da construção de parte da linha 3 ligando a Lagoinha à Savassi e descobrir que CBTU-STU não tem nenhum estudo de solo, ou seja, não fizeram sondagem nenhuma, nem da linha 2, nem da linha 3, logo não há nada de concreto! Em outras palavras, ninguém faz um projeto executivo sem ter certeza sem fazer um estudo preliminar e um anteprojeto. Já na fase de estudo preliminar é preciso saber se o solo aguenta as intervenções e em que profundidade a linha passará. Deste modo se aparecer algum empecilho que comprometa a obra terão que propor outro traçado. Pode ser que a estação passe a 25 metros a baixo da terra, ou 40 metros, ninguém tem certeza de nada! Nunca que fica pronto até a copa! Outro detalhe: gastar pelo menos 100milhões de dólares por quilômetro de linha construído pra ligar só Lagoinha à Savassi, por enquanto? Triplica os horários da SC02, SC01 e SC04 que o problema tá resolvido e sai mais barato! Ou faz tudo de uma vez ou não faz nada pq metrô é um troço caro demais para se errar! Isso sem falar que é preciso construir as estações e o quadro de manutenção, a oficina e a garagem dos trens debaixo da terra. Verdadeiros prédios gigantes debaixo da terra. Alguém duvida? Dá um pulinho na CBTU, liga pra lá, confirma sô!

Bh já tem alguns erros bizarros no metrô, os quais trarão prejuízos imensos enormes no futuro. A expansão da linha 1, em que o trem passa no canteiro central da Cristiano Machado é um troço bizarro! Aquilo divide a Avenida nos dois sentidos, tem um impacto visual terrível, obriga a travessia por passarelas, enfim, é uma burrada que futuramente pode ser desfeita. Seria mais interessante se tivessem construido então um VLT, apesar de não carregar a mesma quantidade de passageiros que o trem metropolitano, causa muito menos impactos urbanos. pra começar, não dividiria a Cristiano Machado ao meio. Outro ferro cabuloso é que a estação Vilarinho está localizada sobre um rio (a lei manda construir a pelo menos 30m da margem do rio cheio) em um ponto de alagamento. Deste modo hj a estação serve como válvula de retenção de águas, logo é preciso construir bacias de contenção para as águas da chuva para evitar enchentes. E não é por falta de técnicos que essas porcarias acontecem, mas sim por causa de excesso de políticos oportunistas que remendam projetos, fazem obras estúpidas, não sustentáveis que o povo aplaude pra daqui algumas décadas a coisa se torne insustentável e as obras tenham que ser desfeitas pra reforma urbana.

Enfim, mas a estrela do post é essa foto linda tirada pelo Vítor Rodrigo Días de uma linha metropolitana cuja a pintura é de uma empresa particular, não do probus, nem da SETOP/DER-MG. Os moradores de Matozinhos andavam nuns carrões brutos! Esse lindo Vitória 0-371UP prefixo P156 abrilhantava as ruas de BH! Pena que tivemos poucos deles. (Na verdade eu só sei desse) Em compensação o que tivemos de Vitórias OH1318 foi uma festa! Qta saudade!

Espero que gostem!



domingo, 30 de outubro de 2011

Retrô - Torino GV B58E da Sta Edwiges

Saudações busólogos de plantão!

Mais uma postagem na correria, um Torino GV B58E da Sta Edwiges prefixo P358 que rodava na 1131!

Espero que gostem!

Foto de Vítor Rodrigo Días
extraído do extinto fotolog: http://ohomemcueca.fotopic.net



quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Cidade OH1621

Saudações busólogos de plantão!

Tá osso atualizar pq a monografia tá atrasada, tem prova cabulosa pela frente e pouca internet disponível! Tô afastado da busologia nesse período pq o trem tá feio pro meu lado! Por isso não estou passando nos sites de busologia da galera e to meio desatualizado! Estive em BH e vi um monte de GRANVIAs B270F, da Sta Edwiges! O barulho é até legal! O Mega B270F u não vi até hj! Muita gente tá até empolgada com eles, mas pra mim foi uma baita duma decepção a Volvo fazer um chassi cabrito, pq por mais q seja acima dos convencionais, cabrito é cabrito. Carro duro de suspensão a mola, aquela dificuldade danada pra embarcar, barulho na orelha do motorista e toda aquela irracionalidade que os cabritos tem, o B270F tem! A Volvo é diferenciada pq sempre fez produtos com qualidade muito superior a média, por isso msm qdo a gente vê ela cair de nível não tem como não se decepcionar!

Hoje trago pra vcs um Cidade OH1621prefixo 0584 da AutoOmnibus Nova Suissa que rodava na 2104. Andei demais nesses carros na 4150! Morro de saudades! O OH1621 não era o supra-sumo dos chassis, mas davam conta do recado poraqui! E por falar em chassi Mercedes, o 0500M é show demais! Passa no buraco com força e a gente só sente um balancinho fajuto! Se fosse cabrito teria voado lá no teto! Fui na sede administrativa esses dias, pena que não levei máquina, vi um montão de Millenniuns 2 0500M e 0500MA e o Mondegão HA 0500UA deles e fiquei babando! Duro foi voltar pra casa de 67 Torino 2007 OF1722M lotado até o centro! Podiam inverter, né? Torino 2007 OF1722m pra rodar no estacionamento e Millennium 2 0500M pra ir pro centro! Ai seria show! Pois é, né... sonho meu, sonho meu...


Foto de José Alexandre
do extinto blog: http:onibusbh.fotopic.net

Espero que gostem!



quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Um dos últimos S21 OF1721 da BHTRANS

Saudações busólogos de plantão!

trago hj pra vcs depois de muito tempo um S21 OF1721 de 2003, quase 2004! Tá osso atualizar! Pouco tempo + Pouca internet = Ausência de atualização!

Qqer hora tô de volta! Aos companheiros de busologia mto obrigado por nos acompanhar e foi mal, mas não tá dando tempo de passar nos blogs dos irmãos!

No mais espero q gostem!
Inté!



sábado, 17 de setembro de 2011

Urbanus OF1318 na 1107

Saudações busólogos de plantão!

Trago hj pra vcs um Urbanus OF1318 que rodava na 1107A.

Foto de Vítor Rodrigo Días
Extraída do extinto blog: http://ohomemcueca.fotopic.net

Curtam!



sexta-feira, 9 de setembro de 2011

UrbanusS OH1420 aposentado ex-Laguna





Saudações busólogos de plantão!

Trago hj pra vcs um Urbanuss OH1420 ex-Laguna, que rodou na 4401, inclusive tá escrito Novo Progresso no letreiro. Como foi dito no post anterior, ainda há alguns deles rodando em BH, mas seus dias estão contados.

A linha 4401 era Vitoriosa! Tinha Vitória de tudo quanto é jeito nela! E eu, é claro, adorava isso! Lembrando de cabeça. Não sei se vou acertar tudo, mas por favor, quem tiver anotado corrija. Tinha Vitória OF1318 de 91 C595, C596, C597, C598, C600 e C602, Vitória OF1318 92 C604, Vitória 93 OF1318 C606, C607, Vitória OF1318 93 C608 e C609 porta dupla folha, Vitória OF1315 C591, C592, C593 e C594, Vitórias OF1315 C581, C582, C583, C584, C585 (esses eu não me lembro direito mesmo, pois sairam fora com a chegada dos Urbanus II OH1621), tinha Vitórias OF1115 C577, C578, C579(mesma situação) Vitórias OF1620 ex-RJ C631, C632, C633, Vitória OF1620 acho que C611, os imponentes Vitórias B58E C614 e C615. Cara, sei que não sou fonte confiável, mas é mais ou menos poraí! Com certeza absoluta, havia 3 Scorpions OF1318 prefixos C599, C601 e C603. Tinha tb e Torinos GV B58E C616, C617 e C618, tinham os Urbanus II OH1621L C619-C624, UrBanuss OH1420 C625-C629. Lembro que tinha Amelião, parecia ser OF1314 que aposentou antes de eu anotar prefixo de ônibus, não sei quem foi o C605, não lembro dele, tinha um 0-371U raríssimo de ver, acho que era C610, tinha um Urbanus II OF1620 prefixo C613, no mais acho que a década de 90 foi isso msm. Era uma frota nova e muito boa! Na década de 2000 ai avacalhou tudo com um monte de lixo enxotado do Rio de Janeiro (a sorte é que a empresa cuida bem dos seus veículos), um monte de cabritinho volks curto, foi tanta porcaria que procês terem idéia, acho que a região do Laguna, Novo Progresso ganhou demais com a chegada dos Apaches VIP 2 OF1722M!

Por favor retifiquem ou ratifiquem as informações sobre a frota da linha!
No mais espero que gostem!
Valeu demais por todos os comentários!